Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

28.Out.19

porque os "milagres" existem

Em conversas de facebook no famoso grupo das "mães" e enquanto andava à procura de recomendações para outra amiga uma outra amiga veio falar comigo. Contou-me que ela e o A. já andavam em tentativas há muito tempo, já estavam à espera de ser chamados para o público e entretanto já tinham feito, inseminações e fertilizações in vitro em duas clínicas privadas. Das duas últimas vezes, e depois de megas estimulações, nem sequer tinham existido embriões viáveis para transferência. Dizia-me ela que o A. já é "velho" e ela também não caminha para nova, que sentiam com muita frustração o tic tac a passar. Falei-lhe do meu percurso na Ginemed com a Dra. Ana Paula Soares, e do quanto tinha gostado dela, da clínica, da abordagem. Convenci-os, e lá foram eles para uma terceira clínica. 

Claro que não ficaram indiferentes à simpatia com que que foram recebidos, ninguém fica, mas nisto da infertilidade precisa-se mais do que sorrisos. E eles conseguiram, depois de uma estimulação em que congelaram logo alguns óvulos para a posterioridade (e caso se desse a catástrofe ocorrida da última vez em que não tiveram nenhum embrião), conseguiram 7 embriões viáveis que chegaram a blastocisto (D5), e no início desta semana recebi uma mensagem dela a dizer que o Beta HCG tinha dado positivo. Agora aguardam serenamente pela primeira ecografia, e se Deus quiser, vai dar tudo certo. Eu acredito, e eles também.

1 comentário

Comentar post