Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

18.Jul.18

Este menino vale ouro

Há dias a minha empregada dizia que o bebé lá de casa valia ouro. Isto claro porque efectivamente ele custou-me mais dinheiro que uma noite no hotel com o meu marido, um bocadinho mais vá. E verdade seja dita, e já tendo passado quase 7 meses desde que nasceu continuo a olhar para ele como uma espécie de milagre, sempre com aquela sensação, "ainda não acredito que estás aqui".

Demorei-o a tirar do meu quarto (na verdade só saiu de lá há 4 dias) mais do que com o primeiro porque gostava daquele modo "contemplação". Sou mais protectora em relação a ele do que fui com o Henrique, basta ver que ele nunca dormiu uma noite longe de mim e eu dele. Nesta fase com o meu primeiro já tinha ido viajar com o marido, jantava fora e fazia vida de mulher adulta e não apenas de mãe galinha. Repito vezes sem conta "ele é tão fofinho" e tenho vontade de o engolir de beijos. Nunca me "passei" apesar de as noites serem terríveis e me levantar 100 vezes para pôr a chucha. Adoro andar com ele ao colo, colado a mim. 

Sou mais tranquila contudo, mais madura e essa tranquilidade também passa para eles.

 

2dcfee6a-a5ee-489c-aa18-1b3ce961242b.jpg

 

 

1 comentário

Comentar post