Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

30.Mai.17

De quanto tempo estou?

As contas para quem recorre a um fertilização in vitro são um pouco diferentes. Enquanto que numa gravidez espontânea os médicos contam as semanas a partir do primeiro dia da última menstruação numa transferência de um embrião criopreservado há que contar de maneira diferente. Vamos lá então:

- ao dia da transferência anda-se para trás os dias do embrião: se a transferência foi a 25 e o embrião é um blastocisto de 5 dias consideras como dia relevante o dia 20, se for de três dias consideras como dia relevante o dia 22.

- ao dia relevante retiras 14 dias, que é o tempo normal que ocorre entre o dia da menstruação (caso tenhas) e o dia da ovulação que neste caso corresponde ao dia relevante isto é dia da transferência, menos idade do embrião transferido. 

E tcharam, descobres assim o tempo de gravidez (aproximado) que será corrigido na ecografia das 12 semanas. 

 

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.