Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

11.Abr.18

Ligação entre irmãos

Gracinha
Sou filha única, desconhecia este tipo de laços, mas é impressionante a doçura do olhar do Matias para o mano mais velho. O Henrique por sua vez é um super protector. E apesar de serem os dois pequenos parece que entendem o laço que os liga. Fico babada a olhar para este amor que não explica mas se vê tão bem. 
27.Fev.18

estamos vivos e a sobreviver

Gracinha
A ausência de notícias não é mau sinal. Estamos tranquilos no nosso canto. Os dias vão-se passando e o Matias cresce. Ontem foi a consulta dos dois meses, e ele não está a engordar como o esperado. Os bolsados em golfadas que dá tiveram impacto. Ordens para mudar o leite para uma fórmula A.R.. Que pesadelo, o leite é super grosso. Demora horas a beber o biberão. Mas para já, nos 3 que já bebeu parece-me que a coisa está melhor.    Já não me lembrava do cansaço desta (...)
09.Fev.18

Dorme quando ele está a dormir

Gracinha
Quantas vezes nós mães ouvimos esta pérola? Aproveita para descansar quando o bebé está a descansar. "ah estou cansada", "pois não fazes o que te digo". Vou passar a explicar: - 07h levanto-me, trato do pequeno almoço do mais velho, bebo o meu café, trato do pequeno almoço do marido, vou acordar o mais velho às 08h, o bebé desperta às 08h05, começa a refilar. Enquanto dou o pequeno almoço ao primogénito, com o outro ao colo faço um shhh shhh. - 08h30, acabo de arranjar o (...)
05.Fev.18

Acabou-se a papa doce

Gracinha
E assim me despeço mais uma vez das minha maminhas ao léu. Fui até onde pude, mas com o meu marido fora, e uma criança de 3 anos, casa e recém-nascido para gerir, não consegui tirar leite quando devia, a produção foi descendo, e acabei por secar o leite. Desta vez não recorri ao Dostinex que tem má fama por aí. Ainda comprei os comprimidos, mas o leite era tão pouco que bastou-me parar de tirar para ele secar normalmente.   Agora preciso de arranjar uma nova melhor amiga visto (...)
25.Jan.18

Imagens Reais

Gracinha
Mesmo não gostando de estar grávida, sinto sempre saudades de os ter na minha barriga nos meses seguintes. Essa saudade adensa-se sempre que vou à CUF ou mesmo quando estou numa fila de supermercado e já não tenho um atendimento especial. Os dias que antecedem o parto são cansativos, estamos debilitadas, com dores, cansadas. De repente deixamos de estar cheias para nos sentirmos vazias, sozinhas, e por muito que o nosso parceiro seja um excelente homem, não é suficiente para que (...)
24.Jan.18

Amamentação

Gracinha
Não sendo nenhuma maníaca sobre a amamentação materna, e depois da experiência que tive com o Henrique, sempre disse que quando este nascesse não o ia pôr ao peito. Mas a vida troca-nos as voltas, e assim que o puseram junto da minha pele, quis muito dar-lhe mais um pouco de mim. Sou demasiado racional, e sei que o colostro lhes passa uma série de defesas.  Logo no primeiro dia fiz uma greta enorme no mamilo que deitava bastante sangue. Depois disso vieram as dúvidas, ele tem (...)
24.Jan.18

4 semanas

Gracinha
E assim num piscar de olhos passaram 4 semanas. O Matias é um bebé tranquilo, dorme bem e come bem. Já nos pregou dois sustos, tivemos de o virar de cabeça para baixo e dar umas palmadas nas costas... sempre agradável fazer isto a um recém-nascido.  Fora esses dois episódios os dias passam-se com tranquilidade. Tão tranquilos que ainda não pus em prática nenhum dos planos que tinha. Achamos que durante a licença vamos ter tempo para fazer mil e uma coisas mas a verdade é que (...)
07.Jan.18

In a Bubble

Gracinha
O dia-a-dia com um recém nascido é passado numa espécie de bolha, os minutos passam devagar, ao ritmo deles, chega-se ao fim do dia com a sensação que nada se fez e fez-se tanto. Levanto-me antes de todos os rapazes acordarem, é a única forma de beber um café quente junto à janela da cozinha. A única forma de conseguir preparar o pequeno almoço do mais velho, sem pressões, de tirar leite com a bomba (sim tinha dito que não ia amamentar... deixo isso para outra altura), de ir (...)
01.Jan.18

09h05, 26 de Dezembro

Gracinha
Às 09h05 da manhã de 26 de Dezembro de 2017 conheci o meu novo filho. Perfeitinho este Matias, muito igual ao seu irmão, encheu-me de imediato o coração. Na cesariana tive muito medo... a partir do momento em que temos pessoas dependentes de nós o medo de morrer é muito maior, não por nós mas por eles. Toda eu tremia ao ponto de no fim a anestesista ter de me pôr a dormir um pouco. A sensação de leveza que senti naquele momento permitiram desfrutar os momentos a seguir. A (...)