Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

28.Set.17

26 semanas

A barriga já deu o pulo (para infelicidade minha), a balança acusa mais 9kg que estão distribuídos entre peito, pança e rabo, e o Matias mexe e remexe principalmente a partir das 22h. Quando me deito começa a dança, e conforme aumentam os movimentos, aumenta também a minha falta de ar ao ponto de noite passada achar que ia morrer. Tenho de inspirar várias vezes para me certificar que o ar entra em quantidades suficientes.

 

Ontem descobri que se dormir com uma almofada atrás das costas a coisa alivia. Já estou naquela fase em que adormeço por volta da meia noite, levanto-me à 1h, 3h, 5h e 6h30 para ir à casa de banho. A partir dessa hora impensável voltar a cair no sono. Acordo bem, mas conforme o dia avança o humor de cão começa a instalar-se. Estou cansada mas não consigo dormir, tenho vontade de fazer xixi mas só sai uns ml, estou gorda e não posso emagrecer, se como um pouco menos tenho quebras de tensão, se como um pouco mais aumento logo 1 kg. 

 

Já não me lembrava destas tretas da anterior gravidez, é mesmo a mente a pregar-nos partidas porque se nos lembrássemos não quereríamos repetir a brincadeira. 

Fora isto, tudo tranquilo e na paz do senhor, sem diabetes gestacionais mesmo tendo parado o Risidon. Claramente o meu problema está relacionado com o SOP, mas grávida não há actividade ovárica, e sem micro quistos também não há diabetes ou resistência à insulina. Este nosso corpo é uma máquina.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.