Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

22.Fev.19

Virus, Bactérias e afins

Não me lembro de um Inverno tão mau. Com vírus estranhos a baterem-me à porta e instalarem-se até debaixo das unhas. Sim das unhas, o último bicho que entrou lá em casa até as unhas me fez doer, para não falar da parte de fora das narinas e da pele seca que me provocou à volta dos olhos. Não tinha sede mas a secura que sentia na pele era igual há de um dia de 40 graus depois de correr uma meia maratona. 

O meu filho mais velho teve febres de 39 graus, que implicaram intercalar Benuron e Brufene de 4 em 4 horas e mesmo assim a temperatura nunca baixava dos 37. Teve 3 dias deitado, sem se levantar, imaginem, um rapaz de 4 anos deitado sem querer mexer os olhos. Nunca me soube dizer o que sentia ou o que lhe doía, provavelmente as unhas, os cabelos e as narinas. O bebé foi igual, febrões, ranho e ainda hoje continua rabugento e de mal com a vida. Só o marido e o peixe se safaram. Dizem que é gripe A, misturado com amigdalite, que depois deu em laringite. Já disse que odeio tudo o que termine em "-ite"? Otite, gastroenterite, faringite, dinamite. Quero descanso, bebés bem dispostos, e pés descalços. Quero acordar sem ser em sobressalto, quero parar de pôr termómetros no rabinho ou debaixo de bracinhos. Quero passar mais de uma semana sem ter de ir a uma farmácia.

Vá vírus vão lá pregar para outro inverno longínquo.