Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

20.Jun.18

Querida inocência

Gracinha
- Mãe porque é que a casa da M era tão grande, com carros lá dentro e piscina?- Oh filho porque se calhar os pais ou avós têm muito dinheiro. - O que é que isso quer dizer, ter muito dinheiro? - Quer dizer que são ricos, gordinho. - Oh mãe podes comprar-me uns ricos então? Também quero isso.    
05.Jun.18

A minha (não) obesidade

Gracinha
23 semanas se passaram desde que fui mãe. Quem me acompanha conhece a minha história e a minha batalha para conseguir este filho. Tendo recorrido à procriação medicamente assistida foi-me dada nota que não engravidaria sozinha. O meu sistema reprodutor parou em 2015 e desde então nunca mais tinha tido um ciclo, uma menstruação, uma ovulação. Surpresa, surpresa, na semana passada tive o meu primeiro período espontâneo desde há muito tempo.   O corpo já me tinha dado sinais (...)
23.Mai.18

21 semanas

Gracinha
Continuas um bem disposto acima de tudo. Pouco choras mas refilas. És guloso e saboreias o leite como se fosse uma iguaria. Os bolsados acalmaram e agora já estás gordinho. Quase com os 5 meses a bater à porta deves estar a começar a sopa. Gostas do meu colo e procuras-me com o olhar quando estás no colo dos outros. O pai é o palhaço de serviço, e o mano o mini ser estranho para quem olhas com um ponto de interrogação. És o segundo de uma mãe mais serena, que não conta as (...)
22.Mai.18

20 dias depois

Gracinha
Faz 20 dias que regressei ao trabalho, nem sempre consigo sair cedo e dentro do horário acordado. Chego a casa cansada, os dias parecem intermináveis. O Matias continua a acordar religiosamente durante a noite para comer. O Henrique levanta-se com as galinhas, estou a adormecer um às 06h e já tenho o outro à porta pronto para entrar em acção. Ando assim neste modo correria, sem tempo para mim, ou para outras coisas que não sejam os filhos e trabalho. Penso muitas vezes que raio de (...)
02.Mai.18

De volta ao trabalho

Gracinha
Depois de 4 meses inteiramente dedicados aos meus filhos, hoje regressei ao trabalho. Já me apetecia ter uma vida para além das 4 paredes de casa mas confesso que é um misto de sensações. O Matias está bem entregue à senhora que também tomou conta do Henrique e que está connosco há 3 anos. O mais difícil vai ser gerir o cansaço, o Matias ainda não dorme a noite toda, bebe dois biberãos, e a saudade.    Abracei também um novo desafio e mudei de área dentro da empresa. (...)
24.Abr.18

O mundo dos babetes

Gracinha
Aos dois meses e quando o peso do Matias teimava em não subir percebi que algo não estava bem. Apesar de ser um bebé bem disposto que comia bem, bolsava que era um disparate. Em jacto, logo a seguir a comer ou passado duas horas.  O pediatra mandou mudar o leite para uma formula anti-refluxo e aguardar um mês. E assim fizemos apesar de a colecção de babetes ser gigante.  Aprendi várias truques que partilho com vocês para quem tenha bebés com este problema: - o bebé deve sempre (...)
13.Abr.18

Vais tu ou vou eu

Gracinha
Tenho a sorte de ter um bebé que dorme bem, distingue o dia da noite mas é um relógio de cuco a comer. Faça chuva ou faça sol de 4h em 4h o rapaz dá sinal. Dá qualquer coisa como comer às 20h, à meia noite, às 04h ou 05h da manhã e depois novamente às 09h ou 10h. São 15 semanas a acordar durante a noite e são 15 semanas de inverno rigoroso e com o de 3 anos constantemente doente e a ir acordar-me às 07h ou antes até. Durante estes meses o meu marido deixou-me dormir um (...)
11.Abr.18

Fomos andar de avião

Gracinha
Esta Páscoa resolvi marcar umas mini-férias em família. Marido, filho com 3 anos e meio e bebé com 3 meses. Gosto de aventuras e sentia-me incapaz de deixar o mais recente com quem quer que seja. Lá fomos para os Açores, São Miguel. A logística mais difícil é quantidade de tralhas que é preciso levar. Biberões, ninhos, latas de leite, mantas, fraldas de pano, fraldas, ovinho, rodas do ovinho, saco de dormir, para além das 300 mudas de roupa porque tenho uma super máquina (...)