Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

22.Out.18

entre ranhocas e clinex

Gracinha
No dia 3 de Setembro o Henrique regressou às aulas, depois de mais de um mês de férias sem lenços ou passagens na farmácia para comprar neo-sinefrina. No dia 4 do mês referido já estava com uma ameaça de ranho e no dia 5 começava a saga e a lista de indispensáveis do momento: - lenços de papel - soro fisiológico - rinhomer - nasomet - actifed - celestone - atrovent - ventilan - benuron - brufene - greentuss .......................... Hoje dia 22 de Outubro tudo continua igual, (...)
19.Out.18

um pouco de mim

Gracinha
Deste lado não escreve só uma mãe, escreve uma mulher com uma vida para além dos dois rebentos que gerou. Uma mulher que trabalha e cuja a vida não se resume a fraldas, leite em pó e noites mal dormidas (que diga-se senhores tem sido uma constante nestes últimos dias). Esta que vos escreve tem agora 33 anos, advogada de cédula apenas, pós graduada em fiscalidade e mestre em finanças. Algures no tempo perdi-me dentro do sítio onde trabalho e subi (ou desci) para a direcção (...)
18.Out.18

sonhos de laboratório

Gracinha
Ontem recebi uma factura de 695 euros relativa à criopreservação dos meus 7 embriões criopreservados no centro da Ginemed relativamente ao ano passado e ao próximo. Não sei o dia de amanhã, não sei sequer se quero ser mãe outra vez, se o conseguiria de forma natural ou se vou precisar de recorrer outra vez aquela clínica. Não sei de nada, sei apenas que este sonho que graças a deus consegui realizar tem-me saído muito caro. Não voltaria atrás em nenhuma das decisões que (...)
17.Out.18

10 meses

Gracinha
A Bola Gorda tem quase 10 meses e é o bebé mais apetitoso que se pode desejar. Dorme bem, come bem, é bem disposto. Passa a vida constipado porque o mais velho é coleccionador de vírus e bactérias que transporta do colégio para casa, mas fora isso tudo bem. Já gatinha da mesma forma cómica que o irmão usava: arrasta-se qual soldado nas trincheiras. Bate palminhas e diz adeus. Já disse mamã mas chateou-se e não voltou a repetir a gracinha desde Agosto. Adora sopa com (...)
17.Out.18

Curtas - Pablito

Gracinha
Sábado depois de mais uma birra daquelas com direito a fazer de espanador no chão tirei-lhe a chupeta. Disse acabou, estou farta, acabaste de perder a única chupeta que te sobrava. Saiu de casa lavado em lágrimas, a companhia de 4 anos (sim 4 anos mas já só era à noite) tinha ido para o lixo. Chegou a casa dos meus sogros, ciganito que só ele e diz "sabem eu deixei a chupeta já não preciso daquilo para nada, só me atrapalha durante a noite porque perde-se na cama e depois (...)
04.Out.18

instamoments

Gracinha
Estes momentos entre os dois, raros porque o mais velho continua a sofrer de ciumeira crónica, são os melhores do meu dia. E do bebé Matias que se derrete todo cada vez que o irmão se aproxima dele. 
02.Out.18

Quando o telefone toca

Gracinha
Boa tarde, aqui fala o pai da M da turma do seu filho. O meu coração parou, passaram-me 100 cenários pela cabeça, um deles foi que o meu filho no alto dos seus 4 anos, qual delinquente, teria feito algum disparate muito grande que tivesse mandado a miúda para o hospital. Está tudo bem, queria só avisá-los que o vosso filho está constantemente a importunar a M, bate-lhe e hoje inclusive apertou-lhe as bochechas, que ficaram com marcas vermelhas. Cordialmente o meu marido foi (...)
26.Set.18

Meu de Susi Fox

Gracinha
Meu é daqueles livros que se começa a ler e não se larga. Não conheço a autora, mas o tema é tão forte e perturbante que nenhuma mulher fica indiferente (até aquelas que preferem sempre os "grandes" escritores).E se um dia acordássemos numa cama de hospital, depois de submetidas a uma cesariana de urgência, olhássemos para o bebé e disséssemos "este bebé não é o meu". E se depois disso fôssemos acusadas de incapazes e nos fosse passado um atestado de psicose pós-parto. (...)
25.Set.18

Recordar onde somos/fomos felizes

Gracinha
Viajar a quatro pelos quatro cantos do mundo é sempre sinónimo de chegar a casa com toneladas de fotografias. Não somos aquela família que fotografa a pensar se um sítio está Insta-ready ou não. Fotografamos, sim, mas coisas que nos fizeram rir ou pormenores que nos chamaram a atenção, as comidas e as cores de cada lugar. E tiramos sempre a fotografia da praxe dos quatro juntos em viagem, normalmente à chegada.   Para mim, olhar para essas fotografias no fim do Verão é (...)
21.Set.18

Desmame nocturno

Gracinha
Todos sabemos que ter um bebé em casa pode virar um tormento quando as noites são mal dormidas. Tal como vos disse aqui as noites não estavam a ser fáceis porque sua excelência queria comer de 3 em 3 horas (apesar de durante o dia fazer intervalos maiores). Depois de falar com uma amiga, especialista no sono do bebé, a querida e gira Maria Serra Brandão, comecei nesse mesmo dia o desmame. Não ia (...)