Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

10.Mai.16

Sobreviver ao vigésimo segundo mês

Gracinha
O Pablito já tem quase dois anos, o tempo escapa-nos de uma maneira e é vê-los crescer e nós a envelhecer. Começa a dizer frases completas com sujeito, verbo e predicado. Está numa fase de muito mimo da mãe, dá-me abraços, beijinhos e faz-me grandes festas quando eu chego a casa como se não me visse há uma eternidade. E eu confesso que fico toda babada. Faz 100 km seguidos no carro sem se aborrecer e nesses 100 km vai a dizer "mãe, pai, mãe, pai, pai, pai, mãe, mãe". Já (...)
23.Set.14

cheira a bebé

Gracinha
quem disse que os bebes não cheiram mal pregou uma grande tanga. O cheirinho é bom, mas cheiram mal. Por algum motivo uma das alcunhas do Pablo é vagabundo.
22.Set.14

ando longe

Gracinha
mas queria voltar. Escrever pelo menos duas vezes por semana sobre esta aventura que está a ser a maternidade. A verdade é que apesar de o Pablo fazer 3 meses no dia 4 de Outubro eu ainda não me habituei a todas estas andanças. Ele continua a não ser um bebe fácil e eu continuo bastante descompensada. Os dias maus são mais que os bons mas todos os dias arranjo forças para o a seguir. Não consigo explicar este misto de sensações porque ao mesmo tempo que odeio passar os dias com (...)
29.Ago.14

mudança de planos

Gracinha
E quando o Pablo já está inscrito no colégio com a inscrição paga, eu decido que se calhar prefiro ter uma pessoa em casa a tempo completo. E assim começamos a saga das entrevistas. Se alguém desse lado estiver interessado, procuro uma pessoa que goste de crianças, que goste de cozinhar e fazer as lides da casa e que tenha disponibilidade para um horário das 09h30 às 19h30 todos os dias. 
21.Ago.14

meu pequeno BUDA

Gracinha
Dia de pediatra, consulta de um mês (e 17 dias), e o Pablito sempre a crescer. Num mês aumentou 1,300 e cresceu 5 centímetros desde que nasceu. É um pequeno gigante comprido e magrote. O pediatra lá me acalmou e disse-me que a choradeira há-de passar e que nunca viu nenhum rapaz de 18 anos a chorar ao colo da mãe e a precisar de ser embalado para dormir. "Imagine lá o Pablo a chegar a casa depois de sair à noite e ir-lhe pedir colo para adormecer?" Lá sentido de humor o Prof. (...)
18.Ago.14

vamos à aventura

Gracinha
Entretanto a vida continua e apesar de o Pablo ser um difícil vamos aventurar-nos e vamos até à Alemanha na segunda semana de Setembro, passear até Munique e dar uma saltada a Estugarda apresentar o pequeno leão ao avô paterno alemão. E já que nos aventurámos por terras estrangeiras, na terceira semana descemos até ao Carvoeiro para jiboiar mais um bocado. Estou expectante de como vai ser, mas também vos digo, já sou imune aos olhares que as criaturas fazer quando ele chora em (...)
14.Jul.14

um tema complicado

Gracinha
Se há coisa que aprendi nesta gravidez é que não podemos controlar tudo. Tive uma cesariana que era a última coisa que queria e não tive uma subida de leite daquelas que toda a gente me falou: mamas inchadas, doridas, quase até ao pescoço. Não senti nada, não tive dor alguma. Aqui começaram as dúvidas. Tenho leite ou não tenho leite? Sempre quis dar de mamar mas confesso que não sou uma fundamentalista da amamentação, aliás não o sou em relação a quase nada.    Quando (...)
08.Jul.14

Born on the 4th of July

Gracinha
Eram 07h45 quando demos entrada no hospital para começar a indução. Quem me foi seguindo sabe que não era isto que pretendia, mas depois de duas semanas a caminhar que nem maratonista e sem qualquer evolução, já a passar das 40 semanas o médico não me deu grandes hipóteses. Ainda assim mentalizei-me que tudo poderia acontecer até ao dia mas enganei-me. Não fiquei nervosa, dormi bem na noite anterior e só no próprio dia comecei a questionar o que estava a fazer. Disse ao meu (...)
01.Jul.14

Sai ao pai ou à mãe

Gracinha
Temos tido longas conversas, ou melhor, longos monólogos porque ele ainda não fala. Já lhe expliquei que vamos sofrer muito mais com um parto induzido ou com uma cesariana, já lhe expliquei que era muito melhor para a mãe entrar em trabalho de parto espontâneo, ter uma dilatação espontânea, tudo espontaneamente. Mas os bebés são sábios e se por algum motivo ele não se encaixou para nos vir conhecer e o meu corpo não deu ainda sinais é porque temos de tentar por outra via.