Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Sai ao pai ou à mãe

Temos tido longas conversas, ou melhor, longos monólogos porque ele ainda não fala. Já lhe expliquei que vamos sofrer muito mais com um parto induzido ou com uma cesariana, já lhe expliquei que era muito melhor para a mãe entrar em trabalho de parto espontâneo, ter uma dilatação espontânea, tudo espontaneamente. Mas os bebés são sábios e se por algum motivo ele não se encaixou para nos vir conhecer e o meu corpo não deu ainda sinais é porque temos de tentar por outra via. 

 

E é por aí que nos temos de guiar e mentalizar que o caminho nem sempre é por onde queremos ir, às vezes é necessário dar uma volta maior para chegar ao mesmo lugar. Com toda a calma e serenidade. E cada dia é um dia e amanhã é mais outro e fazemos as 40 semanas. Pablito filho, és teimoso como o raio, não sei a quem sais, mas estou ansiosa por ver a tua cara, os teus olhos, a tua pele, se és gordo ou magro, se puxas ao lado alemão, ao lado indiano ou a nenhum dos dois. Mas eu espero, se há coisa que aprendi desde que sou mãe e mesmo não te conhecendo, foi a respeitar os teus timmings, o teu silêncio, os teus movimentos, os teus soluços, o teu crescimento desmesurado com impacto na minha linda barriga. A mãe espera. Pelos filhos, tudo.

39 semanas + 2 dias

Sim sim continuamos por aqui pacientemente à espera. Temos caminhado e trabalhado, trabalhado e caminhado. E assim se passam os dias. As caminhadas são muito boas, aliás desconfio que vou ficar com umas pernas mais fits do que tinha antes de engravidar, mas saem caras. Para onde é que qualquer mulher tem mania de se ir enfiar quando está numa de andar e quando já conheceu o bairro inteiro onde vive e já consegue percorrer os quarteirões de olhos fechados?? Amoreiras, Saldanha, Avenida da Liberdade, Chiado e El Corte Inglés. Vou para estes sítios todos a pé mas normalmente regresso de taxi carregada de sacos. Ninguém me pára, ele é livros, malas, perfumes, óculos, café, havainas e muitas roupas para o Anãozinho, maquilhagem, vestidos, sapatos, t-shirts, extensões de pestanas, TUDO! Estou uma louca consumista.

 

Se virem uma grávida, muito grávida por essas ruas de Lisboa carregada de sacos de compras já sabem, sou eu. 

 

Mas a vida não são só desvantagens, passei a conhecer o Sr. caixa do Minipreço do bairro que é lento como tudo e trabalha só com uma mão, sou a melhor amiga das senhoras da frutaria, não passo horas às voltas no bairro à procura de lugar para estacionar o coche e estou a contribuir francamente para o crescimento do comércio local. 

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D