Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

chá de folhas de framboesas

Grávidas, vamos gastar o stock nacional destas preciosas folhas? Mito ou não dizem que ajuda no TP e na dilatação. Já não vou a tempo mas o ideal é começar a tomar a partir das 37 semanas. Demorei a encontrar mas encontrei e para quem tem perguntado, compra-se nos Supermercados Brio. 

 

 

 

(nota: não tomar em caso algum antes das 37 semanas)

os prós e contras do Estado (de graça)

Porque este Estado tem tanto de coisas más como de boas, venham mais 3 ou 4 gravidezes.

 

Coisinhas Boas:

- os pêlos dos braços caíram;

- tenho prioridade nas finanças, emel, e outros sítios com pessoas simpáticas nas caixas, e desde que na fila nao esteja uma velha rezingona (são as piores);

- o cabelo cresce mais rápido;

- a pele da cara está óptima sem vestígios de borbulhagem;

- toda a gente me mima (excepto no trabalho onde há alguns anormais sem noção);

- não gastar dinheiro na Uterque, Bimba&Lola, Adolfo Dominguez e outras que tal (só mesmo na zara, h&m e primark);

- nunca me sentir sozinha.

 

Coisinhas menos boas, vá para lá de péssimas:

- o peso a mais, na barriga, nas pernas, no rabo, nos joelhos, vá em todo lado;

- as dores de costas que advêm do peso da barriga;

- os enjoos (que nunca passaram);

- a dor que é depilar as virilhas, jesussssss é indescritível;

- não conseguir chegar aos pés para pintar as unhas;

- não conseguir correr quando tenho pressa (vá lá que não apanho autocarros);

- a retenção de líquidos que me faz ter mãos sapudas e pés de fiona (deixei de usar aliança e anel de noivado);

- o tamanho assustador das minhas boobies e mamilos (medoooooo);

- o pior de tudo: o calor, nunca na vida senti calor e agora passo a vida a derreter, e suo de tudo quanto é sítio;

- nunca estar sozinha.

 

sabedoria popular

Segundo a sabedoria popular a minha barriga ainda está muito cá em cima e portanto o bebe Pablo não vai nascer tão cedo (óptimo, também não o queria antes das 38 semanas). Esta mesma sabedoria consegue olhar por cima da roupa e analisar a posição da criatura... fazendo aquilo que muitos dos médicos não são capazes de fazer, clap clap clap. Aposto que daqui a duas semanas a mesma sabedoria vai dizer "já não aguentas nem mais um dia, essa barriga está muito descaída" claP clap clap. 

verdades ou mitos (II)

Assunto do dia e que me persegue desde o inicio. ENJOOS!! É verdade, por aqui na 27ª semana os enjoos voltaram em grande. A digestão demora muito tempo a ser feito e arroto bocados de comida depois de já ter comido há mais de duas horas (desculpem a imagem). Portanto grávidas desse mundo que acreditam que à décima segunda semana (em ponto) os enjoos vão pregar para outra freguesia alerto para a mentira que isso pode ser. Não vos queria desanimar, mas comigo tem sido assim!

qual a melhor fase da gravidez

Todas ouvimos a célebre frase "aproveita que agora é que começa a parte gira". O mais engraçado é que eu já ouvi esta frase da mesma pessoa em diversas alturas. Mulheres, decidam-se... existe alguma fase que seja a melhor fase?

 

- até às 14 semanas: aproveita, esta é a melhor fase porque ainda tens posição para dormir.

- até às 20 semanas: aproveita, esta é a melhor fase porque já tens apetite sexual e não corres o risco de ser rejeitada pelo teu marido devido o tamanho da barriga.

- a partir das 20 semanas: aproveita, agora que começaste a sentir o bebe ficas mais relaxada, já não tens enjoos e o sono abrandou.

- até às 35 semanas: esta é a verdadeira fase de graça, já estás mesmo grávida, aproveita porque nesta altura já não te confundem com uma gorda e podes passar à frente nas filas do Pingo Doce.

- das 35 às 40, deve ser a única fase em que todas estão de acordo: não há como aproveitar, estamos cansadas, grandes, inchadas e ansiosas por ter as crias nos braços. 

 

Não consigo ainda aferir qual é a melhor fase, apenas posso referir que a pior foi entre as 5 (a semana do positivo) e as 9 semanas porque só nesta altura sosseguei quando ouvi o coração do Pablito a piscar e ele já estava a ganhar forma. Essas 3 semanas foram para mim as piores de sempre, e curiosamente não por nenhum motivo comummente apontado por todas as mãezinhas desse país fora. 

relaxar na gravidez

É uma fase pouco propícia para relaxar, as hormonas não ajudam, o cansaço idem, a falta de posição à noite ainda pior. Aliado a isto já devem ter percebido que no trabalho nem sempre me têm facilitado a vida. Culpa minha também em parte porque não me sei desligar. A verdade é que sempre ouvi que o stress é um mau aliado da gravidez, e nunca tinha percebido porquê até agora.

 

Estou de 22 semanas e continuo a ter enjoos que me fazem vomitar, quando teoricamente até às 14 semanas tendem a passar. Comecei a pensar se seriam realmente enjoos ou crises de estômago provocadas pelo stress. Estou de 22 semanas e nunca tinha faltado ao trabalho, até as ecografias marco para de manhã cedo para não interferir com o horário e as consultas para o fim do dia. Até a passada sexta-feira, em que resolvi tornar-me rebelde e simplesmente não apareci para trabalhar. Pensei que não perdia nada, que não é por fazer este esforço inglório que ia ganhar alguma coisa em troca e simplesmente fiquei em casa a descansar. 

 

A verdade é que desde sexta-feira que comecei a sentir o bebe. Ainda não tinha sentido nada, nem o tal formigueiro que todas descrevem ou a cobrinha ou os gasesinhos. E bastou-me aquele dia para ficar em casa, sossegada, só a pensar em mim e na minha gravidez para que a ligação que ainda faltava se estreitasse e começou a festa na minha barriga. Saltei a parte do formigueiro directamente para os pontapés e torrinhas e sabe tão bem. Diria que é viciante. Ainda não sinto muito regularmente, mas sempre que estou sossegada sentada ou deitada lá vem o meu rico filho dar um ar da sua graça. Desde sexta-feira que me sinto mais mãe e menos trabalhadora. 

 

Os esforços só compensam quando são reconhecidos, e na maioria dos casos não o são. E hoje provavelmente já não o sentirei tanto outra vez, mas ficou a lição: é necessário relaxar nesta fase, abrandar e repensar prioridades. As minhas começam a mudar e provavelmente dinheiro nenhum no mundo fará com que volte a ser a mesma Gracinha de antigamente. 

Kits rapaz

Estava longe de imaginar que existiam kits completos de roupa que na verdade são uma única peça. Atentem a esta imagem retirada do catálogo da Laranjinha:

 

 

 

Trata-se de uma peça única com botões atrás. Fiquei maravilhada e claro que trouxe para experimentar. Que fofura! Mommys de rapazes, não têm desculpas... a história do "só se perde a cabeça com roupa de menina" já não pode ser verdade.

verdades ou mitos

Ouvi de muitas bocas mesmo antes de estar grávida que a partir dos segundo trimestre ficávamos com um desejo sexual de lobas. pois é minhas senhoras, o meu desejo foi-se embora logo no inicio da gravidez e nunca mais voltou, já a gravidez vai a meio e nada de desejos a bater à porta. Deve ser como à frase célebre dos enjoos: enjoos?? ah isso passa a partir da 13ª semana. A sério? Mas que precisão. Ainda este fim-de-semana vomitei 3 vezes. 

 

Verdades falaciosas à parte, tenho vindo a constatar que cada gravidez é única. 

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D