Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

De volta às rotinas nasais

- Trus Trus

- Quem é?

- É a Sra. Gripe, com muco e expectoração, ranho e rabugice, vou só ali dar um abraço ao pequeno e alapar-me por 5 dias ou mais.

E começa a saga: vapores, soro, aspirações, e outras medidas medicamentosas que tragam algum conforto à minha cria. Sem saber assoar-se a coisa fica mais difícil, engole o ranho, tosse o ranho, engasga-se com o ranho e vomita o ranho. Tudo isto em semana de? Adivinhem? Progenitor fora claro está. E é sempre nestas semanas que dou mais valor a mães solteiras, mães viúvas, mães com maridos a trabalhar no estrangeiro, não que eles ajudem muito, mas dão-nos o conforto do "ok não estás sozinha, não podes falecer agora". Tinha feito grandes planos: vais para a avó, a mãe vai ficar de férias de cria 4 dias e de marido 5. Vou cortar o cabelo, vou ao ginásio ao fim do dia só fazer um banho turco, vou beber um copo de vinho enquanto vejo um filme no sofá, vou ler na cama sem ter de apagar a luz para que não despertes, vou levantar-me mais tarde de manhã e ter-me só a mim para dar comida, banho e vestir, NOT! Segunda-feira acordaste com um olhar vermelho, olheiras vincadas e nariz a pingar, lá se foram os planos, criatura doente precisa do mimo de sua mãe. 

A nossa alimentação e a das criaturas

A nossa consicência diz-nos que não devemos passar os nossos erros alimentares aos nossos filhos. Os bons hábitos devem ser incutidos logo desde pequeninos e devemos tentar replicar, de forma melhorada, aquilo que queremos e fazemos para nós. Nos tempos modernos, das correrias, das comidas de pacote, congeladas, das horas extra no trabalho e da falta de tempo é um quebra-cabeças comer-se bem e ter ideias para que os rebentos comam também em condições. Tenho a sorte de ter empregada todos os dias que me ajuda nas refeições dele e uma Bimby, mas mais do que isso é preciso imaginação. O meu truque é preparar os menus da semana para os rapazes e fazer as compras de acordo com o programado. Apostar em pratos que possam dar para várias refeições e alternar os dias entre peixe e carne. Opto por usar muitas verduras, batatas e gordura saudável, os molhos são sempre feitos com tomate e cenoura, não uso natas ou margarinas. Não compro comida embalada ou pré-cozinhada, não lhe dou douradinhos e outras coisas do género, terá a vida toda para comer isso, não dou salsichas ou outras carnes processadas e come massa apenas uma vez por semana. Nunca provou um sumo ou chá ou refrigerantes e bebe bastante água. Tentei dar uma vez um leite com chocolate da ucal e cuspiu.

 

Eu faço escolhas saudáveis para mim diariamente e quero muito que o meu filho aprenda de pequeno também a fazê-las, se lhe posso dar cereais sem glúten, dou, se lhe posso dar uma tosta de arroz integral em vez de uma bolacha Maria dou, e ele adora. Com as minhas manias consegui também pôr o meu marido a comer melhor e a fazer escolhas melhores. Zanguei-me muitas vezes porque não quero que o pequenote coma como ele. Quer comer mal, coma fora de casa e longe da vista. 

 

Ao sábado facilito um pouco e deixo-o comer mais "porcaria", é o dia da asneira para todos. Se vamos almoçar fora e comemos batatas fritas, então parece-me que a criança também pode comê-las, aliás confesso que nos restaurantes costumo pedir batatas e pão só para ele porque fica calado e quieto durante uns bons 10 minutos. Quando não quer comer não come, mas também não há substitutos, não entro em guerras como já tinha referido.

 

Deixo-vos uma semana típica deles. 

menusemanal.png

 A minha é um pouco diferente :) 

 

O Bebé Mais Feliz do Mundo, Harvey Karp (I)

" uma mãe britânica disse-me que a sua nova bebé parecia tão pouco preparada para o mundo que ela e o marido começaram a chamar-lhe carinhosamente a pequena criatura (...). Em muitos aspectos, o recém-nascido é mais um feto do que um bebé e passa a maior parte do tempo a dormir e a ser alimentado. Se o parto tivesse sido adiado três meses, o bebé teria nascido com a capacidade de sorrir, arrulhar e seduzir (...)"

 

A maneira como está escrito arranca-nos gargalhadas. Minhas senhoras, seria a defesa de um 4º Trimestre não fossem as nossas criaturas terem cérebros tão grandes capazes de rasgarem os nossos canais vaginais. 

Cuidados do bebe

sei que ainda não sou mãe, mas apercebi-me que nem toda a gente conhece a TummyTub ou Banheira Shantala. Eu quando soube deste tipo de banhos fui logo ler e comprar a dita. Só pelo facto de a posição que eles adoptam lá dentro ser semelhante àquela em que estão no útero deve ser um descanso para eles. Não imagino o que é estar 9 meses contido num espaço quente, molhado e fechado e depois passar aqui para esta bela realidade. 

 

Deixo este vídeo informativo para quem ainda tiver dúvidas:

 

 

 

 

 

 

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D