Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

39 semanas + 2 dias

Sim sim continuamos por aqui pacientemente à espera. Temos caminhado e trabalhado, trabalhado e caminhado. E assim se passam os dias. As caminhadas são muito boas, aliás desconfio que vou ficar com umas pernas mais fits do que tinha antes de engravidar, mas saem caras. Para onde é que qualquer mulher tem mania de se ir enfiar quando está numa de andar e quando já conheceu o bairro inteiro onde vive e já consegue percorrer os quarteirões de olhos fechados?? Amoreiras, Saldanha, Avenida da Liberdade, Chiado e El Corte Inglés. Vou para estes sítios todos a pé mas normalmente regresso de taxi carregada de sacos. Ninguém me pára, ele é livros, malas, perfumes, óculos, café, havainas e muitas roupas para o Anãozinho, maquilhagem, vestidos, sapatos, t-shirts, extensões de pestanas, TUDO! Estou uma louca consumista.

 

Se virem uma grávida, muito grávida por essas ruas de Lisboa carregada de sacos de compras já sabem, sou eu. 

 

Mas a vida não são só desvantagens, passei a conhecer o Sr. caixa do Minipreço do bairro que é lento como tudo e trabalha só com uma mão, sou a melhor amiga das senhoras da frutaria, não passo horas às voltas no bairro à procura de lugar para estacionar o coche e estou a contribuir francamente para o crescimento do comércio local. 

os prós e contras do Estado (de graça)

Porque este Estado tem tanto de coisas más como de boas, venham mais 3 ou 4 gravidezes.

 

Coisinhas Boas:

- os pêlos dos braços caíram;

- tenho prioridade nas finanças, emel, e outros sítios com pessoas simpáticas nas caixas, e desde que na fila nao esteja uma velha rezingona (são as piores);

- o cabelo cresce mais rápido;

- a pele da cara está óptima sem vestígios de borbulhagem;

- toda a gente me mima (excepto no trabalho onde há alguns anormais sem noção);

- não gastar dinheiro na Uterque, Bimba&Lola, Adolfo Dominguez e outras que tal (só mesmo na zara, h&m e primark);

- nunca me sentir sozinha.

 

Coisinhas menos boas, vá para lá de péssimas:

- o peso a mais, na barriga, nas pernas, no rabo, nos joelhos, vá em todo lado;

- as dores de costas que advêm do peso da barriga;

- os enjoos (que nunca passaram);

- a dor que é depilar as virilhas, jesussssss é indescritível;

- não conseguir chegar aos pés para pintar as unhas;

- não conseguir correr quando tenho pressa (vá lá que não apanho autocarros);

- a retenção de líquidos que me faz ter mãos sapudas e pés de fiona (deixei de usar aliança e anel de noivado);

- o tamanho assustador das minhas boobies e mamilos (medoooooo);

- o pior de tudo: o calor, nunca na vida senti calor e agora passo a vida a derreter, e suo de tudo quanto é sítio;

- nunca estar sozinha.

 

sabedoria popular

Segundo a sabedoria popular a minha barriga ainda está muito cá em cima e portanto o bebe Pablo não vai nascer tão cedo (óptimo, também não o queria antes das 38 semanas). Esta mesma sabedoria consegue olhar por cima da roupa e analisar a posição da criatura... fazendo aquilo que muitos dos médicos não são capazes de fazer, clap clap clap. Aposto que daqui a duas semanas a mesma sabedoria vai dizer "já não aguentas nem mais um dia, essa barriga está muito descaída" claP clap clap. 

mimos de grávida

Sou vaidosa, preocupada e desde o início que impus um objectivo a mim mesma: não engordar mais do que o necessário porque a recuperação é sempre difícil. Objectivos à parte e mesmo sem engordar muito o barrigão é enorme, sinto-me a explodir todos os dias e pesa bastante. Com o peso quase todo distribuído pelo abdómen, não há pernas e costas que nos valhem. E assim continuo com as minhas drenagens linfáticas. Duas vezes por semana lá vou eu ao fim do dia dar um miminho às pernas. É caro, mas até ver não estou a fazer grande retenção de líquidos e já estamos a caminho das 33 semanas. 

 

No sábado e porque me apetecia apanhar sol sem ter de ir para a confusão das praias da Costa da Caparica fui até ao Spa do Sheraton, e minhas senhoras, fiquei maravilhada. Fiz uma massagem especial para mulheres nesta condição: THE REAL NURTURING EXPERIENCE ("pode escolher uma selecção de três óleos, cada um deles especialmente desenvolvido para ser usado em segurança durante a gravidez. Para cuidar e tonificar a pele. Esta massagem ajuda a aliviar a tensão na parte superior das costas, com particular incidência nos ombros e pernas, que são massajados para aliviar a sensação de cansaço que está associada à gravidez. Este tratamento completo de corpo termina com uma massagem do couro cabeludo e do rosto com um óleo de tratamento escolhido especificamente para o seu tipo de pele"). Dei um mergulho na piscina exterior, comi um Wrapp com selecção de legumes do dia e senti-me como nova. 

 

Cada corpo é um corpo e sou apologista de cuidarmos bem dele até porque só temos este. Se me custa duas vezes por semana às sete e tal da tarde e depois de um dia de trabalho ir fazer massagens, custa; se me custa duas vezes por semana às sete e tal da tarde e depois de um dia de trabalho ir para o Holmes Place treinar, custa, mas acredito que vou ser recompensada por isso de alguma forma. 

Agora um assunto totalmente diferente

Não sou de me maquilhar muito, mas acho que um bom rímel faz toda a diferença no olhar. Umas pestanas definidas em baixo e em cima tornam-nos outra. Hoje tive uma sessão fotográfica e resolvi experimentar a minha nova aquisição na Sephora. Eu que nem sou muito dada a marcas brancas e tenho a mania de que o mais caro é o melhor, estou rendida. 

 

 

 

Das melhores invenções que tenho visto! 

Me and my belly

Um tema recorrente sobre a nossa gravidez é a barriga. Desde pessoas com quem não temos o mínimo à vontade agarradas à nossa barriga, desde aquelas que te dizem que a barriga está pequena, e as outras que a barriga está gigante, tudo gira em torno da nossa barriga. Não estou a exagerar quando digo que todos os dias ouço algum comentário e não trabalho numa empresa propriamente grande. Das frases mais geniais, destaco as que me marcaram:

- que barriga tão pequena, o teu bébe vai ser muito pequeno;

- que grande barrigão eu às x semanas tinha uma muito mais pequena;

- a barriga está bem, nem diria que estás grávida, mas sim mais gordinha;

- Gorda!

- Essa barriga cresce a olhos vistos, está maior desde ontem;

- Nessa semana tinha uma barriga igualzinha à tua

 

... e por aí fora.

 

Vamos por partes:

- cada barriga é uma barriga, e o meu bebe vai nascer como tiver de nascer, grande, pequeno ou intermédio não tens nada haver com isso;

- que grande barrigão nada, já sabemos que eras perfeita e engordaste meio kilo na tua última gravidez;

- sim para além de grávida também estou mais gorda, é normal, paciência, espero não incomodar muito com as minhas novas banhas;

- Gorda.... ok!!!! (está ouvi hoje mas nem levei a mal porque o gajo é gay e meio desbocado);

- a barriga não está maior que ontem, hoje ainda não fiz cocó e estou cheia de gases!

- não nesta semana não tinhas uma barriga igual à minha, vai lá á SELFIE que puseste no facebook.

 

O mais engraçado é que a maioria das pessoas que faz este tipo de comentários já foi mãe, e como tal sabe o quanto incomodativo é estar constantemente a ouvir bocas sobre barrigas. Adorava criar o movimento das GRÁVIDAS QUE SÓ QUEREM OUVIR ELOGIOS FOFINHOS!

 

uauuuuu que linda barriga, uauuuuu estás linda, uauuuu só tens barriga, uauuuu pareces outra. Todos os outros deviam ser proibidos e punidos com um grande NÃO ME CHATEEIS, VAI À MERDA!

 

nota mental: são 17h21 e hoje já contei com 5 bellies comments! 

Oscar Wilde

é no mundo encantado da Gravidez em que toda a gente sabe mais do que nós próprias, em que toda a gente tem uma opinião a dar que a célebre frase de Oscar Wilde me faz tanto sentido - tudo o que é popular está errado.

Mensagens

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D