Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

Socorro! é fim-de-semana

Um dos grandes testes à nossa imaginação enquanto pais são os programas de fim-de-semana. Para quem ainda não anda neste admirável mundo diferente, não imagina o quão é difícil entreter uma criança ou bebé. Quando chove e está aquele frio do Árctico (como tem estado nas últimas semanas em Lisboa) rezo para que o fim-de-semana não chegue porque vem aí horas de tormento. Estar em casa a entreter estes pequenos seres maravilhosos é como tentarem ensinar-me a pintar, não quero nem nasci para isso. Chegamos ao 12h de sábado já cansados porque o dia começa normalmente às 07h30, ao fim-de-semana os pequenos seres tendem a acordar mais cedo com fome ou com cocós daqueles que saem para fora da fralda. Ao 12h já eu estou a contar os minutos para o pôr na cama para ir dormir a sesta. E das duas uma: ou faz uma sesta de 4 horas seguidas e normalmente isto acontece quando está um dia lindo e tínhamos planeado ir passear à beira rio, ou faz uma sesta de 30 minutos, fica numa rabugice tal e chove a potes. 

 

Mas há sempre pequenos truques para contrariar aquele pensamento (herege) de "nunca mais é segunda-feira":

* não fazer planos, não marcar programas, não marcar almoços (jantares nem pensar a não ser em casa).

* ou marcar montes de cenas mas com adultos também com filhos porque a probabilidade de um dos casais desmarcar é de 95% e ninguém leva a mal.

* rezar ao São Pedro a partir de terça-feira.

* deitar mais cedo à sexta-feira e sábado que nos restantes dias da semana.

* apostar num bom par de galochas e casacos quentes e impermeáveis caso o São Pedro não ouça as nossas preces.

* comprar uma casa junto a um parque com baloiços ou montar um baloiço no meio de casa.

* não deixá-los fazer sesta nenhuma até que estejam tipo Zombie e enfiá-los na cama às 20h de sábado, sempre se aproveita a noite.

* aprender a meditar e andar sempre com música Zen preparada para ouvir, a única forma de nos desligarmos e estarmos lá ao mesmo tempo (dizem).

 

 

Mensagens

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D