Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

10.Mai.17

Mulheres mal resolvidas

Numa época em que se fala de igualdade no trabalho entre mulheres e homens, igualdade de direitos, tratamento e salários não percebo como somos nós próprias a fomentar esse tratamento desigual. 

Somos mesquinhas, egoístas, invejosas. Trabalhar com uma mulher bonita e magra e ainda inteligente é uma facada no coração da maioria dos seres do sexo feminino. Mulheres frustradas são piores que homens a cantar de galo, mulheres mal resolvidas são víboras, e se se juntam duas ou três está o caldo entornado. Como lidar com isto num ambiente profissional? Primeiro é não dar lugar de chefias a galinhas histéricas, porque há-de o dono da minha empresa atribuir o lugar xpto à Maria Joaquina se ela depois chora porque a Maria Antónia comprou a mala y e ela só consegue uma imitação barata da Mango? Porque há-de um homem estar a perder tempo com estas guerras não fundamentadas e baseadas única e exclusivamente em frustrações ingeríveis quando tem uma empresa para gerir?

Cada vez mais gosto de trabalhar num ambiente masculino porque encontrar mulheres bem resolvidas, com uma vida familiar normal, e um percurso profissional de excelência é quase impossível, e só com essas conseguimos manter relações cordiais sem serem baseadas em fofoquices e conversas de m****.