Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

19.Jun.15

esta sou eu em modo mãe

Esta sou eu em modo lamechas. Esta sou eu em modo "quero ser mãe outra vez, ontem". Olha para o Pablo e vejo-o crescer, todos os dias gosto um bocadinho mais dele e é tão bom gostar assim que quero ter mais uma pessoa com quem partilhar este gostar. Não consigo explicar, haverá alguma mãe que o consiga? Esta sou em modo quero muito mais tenho medo. Odiei a experiencia da gravidez e costumo pensar "se ele pudesse parir tinha 5 ou 6", assim fico-me pelos 2. Quero tanto gostar mais um pouco que até na adopção tenho pensado. Dois meus e um do mundo. Esta sou em modo relógio biológico activo mas demasiado racional. Encontro todos os motivos para ir em frente e uns quantos (ainda que momentâneos) para recuar. Se ele não saísse tanto em trabalho, se eu não tivesse tanto trabalho, se o Pablo não fosse tão pequenino, se a gravidez não fosse um horror e o parto não me assustasse tanto... mas depois chego a casa e tenho aquela miniatura de rapaz a fazer-me sorrisos deliciosos e esqueço tudo e penso quero outra miniatura a derreter-me. Esta sou eu em modo mãe derretida.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.