Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

19.Set.16

Bodas de Papel

Acho que há datas que nunca se devem deixar de comemorar, e no que toca ao amor devemos sempre festejá-lo. Tenho aprendido que na vida tudo é tão fugaz, escorregadio e volátil que o mote é mesmo aproveitar cada dia como se fosse o último. Não sou dada a manifestações de carinho ou amor com o meu marido, é da minha natureza, ser assim, no meio caminho entre o frio e o distante, mas continuo a amá-lo como no primeiro dia em que o comecei a amar, sou dependente dele para ser feliz, ou melhor, a felicidade só existe enquanto partilhada com ele. Nem sequer quero saber o que é isso de estar sozinha. Foram 5 anos comemorados em grande na cidade dos eternos apaixonados. 

IMG_20160919_182816.jpg

 

2 comentários

Comentar post