Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

09.Dez.15

aprender a desligar

Tive de digerir, e depois de digerirmos começam as perguntas, as dúvidas e os medos. Com uma causa directa já é mais simples de encararmos o problema, mas continua a haver questões: porque fui encaminhada para uma clínica de fertilidade? Se não ovulo não podia antes tomar indutores de ovulação e ver? Esta é a que me paira na cabeça no momento. A consulta de "apoio à fertilidade" está marcada, para o dia 1 de Fevereiro, e até lá? Desligo-me? Como? Onde está o nosso botão off? E no entretanto? Não faço nada? Continuo na esperança que o meu corpo adormecido resolva acordar?

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.