Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

24.Out.17

Armazém Luxury Housing

Gracinha
Estou sempre à procura de sítios com carisma, dentro ou fora do nosso país, gosto de hotéis que surpreendam pela diferença, não sou adepta das grandes cadeias apesar de saber que normalmente não desiludem.Este fim-de-semana rumamos ao Porto em modo "romântico" (ie, sem criaturas) e resolvemos ficar por aqui. O Porto foi o primeiro sítio em que fomos namorar ainda sem sermos namorados, por isso gostamos tanto de voltar. Já fomos de (...)
23.Out.17

sonhos de laboratório

Gracinha
Hoje o meu "casal" vai fazer a transferência de dois embriões. Apesar de não ter uma cara para associar desejo-lhes a melhor sorte do mundo. Que consigam à primeira tal como nós conseguimos. E que o meu sonho de laboratório passe a projecto real de outrém. 
23.Out.17

30 semanas

Gracinha
Estou a entrar naquela fase em que me sinto desconfortável e não sei explicar porquê. Sinto-me nostálgica e não sei explicar porquê. Sinto que tenho fome mas a comida não cabe. Tenho uma barriga que começa logo abaixo das maminhas que me provoca uma tremenda falta de ar. Já não me consigo dobrar para pintar as unhas dos pés. A única coisa que ainda não foi afectada foi o meu cérebro parece-me, sendo possível manter o ritmo de trabalho habitual. Não consigo ter o Henrique ao (...)
10.Out.17

Gravidez por simpatia

Gracinha
Em conversa com uma amiga comentávamos o fenómeno dos homens que engordam durante a gravidez das suas estimadas mulheres. Dizia-me ela que a justificação deles é que é que a mulher durante a gravidez quer sempre dividir sobremesas e antes nunca pediam. Disse-lhe logo que não, na gravidez eu quero uma sobremesa só para mim, ou duas se a fome for desgraçada. Se há coisa que eu não suporto é a partilha de um belo cheesecake ou de uma pizza diavola.    O motivo da engorda deles (...)
09.Out.17

28 semanas e na paz do senhor

Gracinha
Diz o meu médico que sou uma boa "paciente", nunca me queixo (não a ele), não tenho dúvidas (tenho medos), estou sempre elegante (não me vê nua), a minha tensão está sempre óptima (sim é muito fixe ter tensão de passarinho e sensação de desmaios e fraqueza ao fim do dia), que fossem todas como eu. Uma coisa eu faço, não dramatizo, estar grávida não é estar normal, não é estarmos doentes, mas é ter um corpo que gera vida, que está cansado, pesado, enjoado e dorme mal. (...)
02.Out.17

Bem-vindo mundo das viroses, bactérias e afins

Gracinha
Faz 4 semanas que o Henrique começou e colégio e 4 semanas que está "adoentado", primeiro ficou febril, depois começou a tosse, agora começou o ranho. Tenho cá para mim que isto são tudo bichos diferentes e que ainda vamos ter muitos amigos destes em casa. A tosse ataque em força à noite, e não nos deixa descansar, criança que não descansa, criança rabugenta, criança rabugenta, criança que come pior, come pior fica mais fraca, fica mais fraca adoece com maior facilidade e (...)
29.Set.17

sonhos de laboratório

Gracinha
E hoje dou por cumprida a minha promessa. Depois de receber o email da clínica a dizer que tinham um casal para beneficiar do donativo, no inicio desta semana recebi outro email a dizer que a punção ovárica ia ser realizada e que o casal me agradecia do fundo do coração pela generosidade. Acabei agora mesmo de fazer a transferência... Não sei quem são, que idade têm, qual a história de vida (...)
28.Set.17

26 semanas

Gracinha
A barriga já deu o pulo (para infelicidade minha), a balança acusa mais 9kg que estão distribuídos entre peito, pança e rabo, e o Matias mexe e remexe principalmente a partir das 22h. Quando me deito começa a dança, e conforme aumentam os movimentos, aumenta também a minha falta de ar ao ponto de noite passada achar que ia morrer. Tenho de inspirar várias vezes para me certificar que o ar entra em quantidades suficientes.   Ontem descobri que se dormir com uma almofada atrás (...)
20.Set.17

Enjoos... só no 1º Trimestre

Gracinha
Esqueçam lá isso de só termos enjoos durante os primeiros 3 meses de gravidez. Estou de 25 semanas, quase a entrar no 7º mês e escrevo-vos mais enjoada que uma posta de pescada. Estou tão mas tão enjoada que contado ninguém acredita. Se pudesse vomitava o computador e a minha colega da frente e ia para casa. Não e não há nada que alivie quando chego a este ponto, talvez torradas com manteiga, mas acabei de almoçar, e depois comi mais duas bolachas de arroz para ver se ficava (...)