Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

20.Nov.14

Gordinhas e Fofinhas

Nas últimas 4 semanas de gravidez (não esquecer que o Dom Pablo nasceu às 41) engordei cerca de 5 kg que se foram somar aos 14 que já levava em cima. Portanto um total de 19 kg, e de repente passei dos 55 kg para os 74kg. UAUUUU!!!! Minhas senhoras e meninas a luta começou assim que saí da maternidade. Entre cesarianas, abre e tira Pablito ficaram por lá 10 kg, clap clap, pareceria imenso se não faltassem ainda 9 kg. Não pude logo fechar a boca porque estava a amamentar e tinha de me alimentar bem, beber muita agua e tomar as vitaminas. No pós cesariana comecei a fazer imensa retenção e a celulite que não ganhei na gravidez, ganhei a seguir, a minha pele das pernas ficou mais enrugada que a cara da sra. mais velha do mundo. Assim que desisti de amamentar comecei o meu plano de dieta de toda a vida, fechar a boca, não comer porcarias e ingerir muita sopa, dieta restrita de calorias ingeridas, 3 litros de água por dia e nada de ginásio porque só tinha carta branca para voltar a treinar a partir do dia 1 de Outubro. Se antes da gravidez perdia 2 Kg numa semana assim, depois da gravidez nem uma grama. Chegou o dia 1 de Outubro e continuava com 63 Kg, ou seja apenas 2 Kg a menos desde o nascimento do Pablito. 

 

Pensei, "agora com o treino isto vai lá", comecei as minhas sessões de PT 3 vezes por semana e as minhas corridas antes de 45 minutos. No entretanto resolvi fazer uma promessa: "enquanto não baixar dos 60,5 não compro uma única peça de roupa" e assim estamos minha senhoras, sem comprar nada desde o dia 1 de Outubro, gorda mas um pouco mais rica (NOT). 

 

Resolvi começar um tratamento da La Phyto que dizem que ajuda porque é dentro para fora e tem em conta a nossa bioquímica, tretas que nunca acreditei, não sei, no meio complementei com um plano também passado pela Centro onde faço estes tratamentos, próxima sexta é dia de pesagem e medições mas temo que nunca mais vá às compras. FIGAS!