Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estado de (des)Graça

todas sabemos que a gravidez é um estado de graça.

02.Ago.17

Marcas da Infertilidade

Gracinha
Hoje o Matias tem 18 semanas, e só hoje, depois de o ver uma vez mais na ecografia me mentalizei que isto é real, que está a acontecer e que estou efectivamente grávida. Na consulta mensal de seguimento da gravidez, o médico resolveu espreitar o rapaz, e mesmo que não o tivesse feito eu teria pedido. Estava de tal forma mentalizada que ele tinha deixado de se desenvolver que me mentalizei que já não estava grávida. Não tive estes pensamentos na primeira gravidez, gozei tudo o que (...)
26.Jul.17

Eles não são capazes

Gracinha
Hoje faz 10 dias que estou sozinha com o meu filho de 3 anos, marido em viagens de trabalho deixou-nos entregues um ao outro no meio de ranhos e birras, barrigas de grávida de 17 semanas, um período caótico no trabalho típico do mês que antecede as férias. E hoje dei por mim a pensar, nós conseguimos e eles? Às 08h levantei-me, eram 08h30 quando o Henrique resolveu acordar, já tinha tudo preparado, pão na torradeira, manteiga de fora, iogurte na taça pronto a colocar os (...)
20.Jul.17

Socorro, o meu filho é criado pela empregada!

Gracinha
Desde os 8 meses do H que a MJ está connosco. Foi ela que ensinou o meu filho a adormecer sozinho durante a sesta, depois de dias a fio empoleirada no berço a dar-lhe palmadinhas no rabo. Foi ela que o ensinou a dizer papá, mamã. Foi com ela que ele gatinhou a primeira vez, que deu os primeiros passos. Foi com ela que ele aprendeu muito do que sabe dizer hoje. Foi com ela que aprendeu a comer sozinho, de garfo e faca, a pedir xixi. É ela que lhe dá o banho todos os dias, é ela que (...)
19.Jul.17

Maravilhoso nº 3

Gracinha
Os meninos são maravilhosos, amigos das mães, carinhosos, gostam de ver na televisão os desenhos animados dos super-heróis, brincar com carrinhos, só que não. De repente chegamos aos 3 e temos um mini-tirano em casa. 1 - Palavra mais repetida - podia ser mãe, mas não, é "quero"! em tom autoritário; 2 - O pai vai de viagem e dá o recado "Henrique ficas a tomar conta da mãe ok?", "sim pai" - o pai vira costas e de dedo apontado diz-me "eu não vou tomar conta de ti", com o ar (...)
17.Jul.17

15 + 1

Gracinha
Vamos lá encarar as mudanças físicas e começar a reportagem fotográfica desta barriga.  
13.Jul.17

Cuidados minimos

Gracinha
Nesta fase da gravidez é essencial preparar a pele para os kilos a mais que ainda aí vêm e para a barriga que ainda tem muito por onde expandir, sim estamos carecas de saber. Não tendo sido muito certa nos primeiros 3 meses, agora já ando em modo besuntado até às orelhas: - um potenciador de elastecidade da Isdin (Velastisa) - já da última vez fui fiel a este creme, e apesar de cada gravidez ser única, consegui não ganhar uma única estria, mantenho a mesma esperança; - um (...)
11.Jul.17

2º Trimestre

Gracinha
Ainda na saga dos sintomas maravilha da gravidez tenho mais um a acrescentar à lista: celulite gestacional. Dizem que o nosso corpo é uma máquina e que pensa em tudo, então vai de fazer lindos depósitos de gordurinha pelo nosso rabo, barriga e flancos que irá ajudar no processo de amamentação. Yap, depósitos de gordura, diz a sabedoria popular que são indicativos de muito leitinho do bom. Ora se o corpo fosse mesmo mesmo esperto saberia que eu não quero dar de mamar, bem que (...)
10.Jul.17

2º Trimestre

Gracinha
O Maravilhoso mundo de Graça: - continuo a enjoar; - o meu peito parece que vai rebentar, dói-me horrores, como se estivesse a ser torcido; - a minha barriga cresceu (já vos disse que odeio barrigas?); - tenho falta de ar a subir escadas e quando falo muito rápido; - tenho fome, e mais fome e mais fome (já vos disse que odeio engordar?); - o meu estado habitual é de sonolência profunda, os meus olhos estão sempre pesados e estupidifiquei. Sinto-me particularmente lerda, mas acho (...)
10.Jul.17

15 semanas

Gracinha
Conto com 15 semanas de gravidez, e se na primeira tudo era motivo de festejo, de fotografia, de excitação, desta nem me lembro. Não fosse o sono e a preguiça que sinto, ter uma criança com 3 anos em casa não dá grande margem para lembranças. Isso e a fome, continuo no meu "mood" monstro das bolachas (ou dos queijos) e já passei os 60 kg. 3,5 kg a mais já se fazer notar na roupa toda mais apertada e são me sempre lembrados todos os dias de manhã pelo meu querido filho: "mãeee (...)